Verbo Livre - Relatos sobre coisas que estão por ai.


Espírito Natalino

            A solidariedade é para se exercitar em qualquer época do ano, porém é no Natal que aumentam as campanhas e que as pessoas estão mais envolvidas com o espírito de amor ao próximo. Mas lembrem-se é sempre bom ajudar alguém, independente de ser Natal ou não.

            Achei essa campanha no blog de um amigo meu e resolvi adota-la. Ajude, você pode trazer um sorriso para alguém.

  

Na agência dos Correios da Avenida Paraná, há milhares de cartas de crianças carentes, seja o Papai Noel de uma delas. É só ir até agência da Paraná, pegar uma carta e entregar o presente em uma agência do Correio até o dia 20 de dezembro. O próprio Correio se encarregará da entrega.

 



Escrito por Lori Moreira às 21h32
[   ] [ envie esta mensagem ]




Reeleição sim! PSDB nunca mais!

Voto em Lula e tenho argumentos para isso!

 

Várias pessoas são contra a reeleição do Presidente Lula e afirmam veemente que a melhor opção para o país é o candidato do PSDB, Geraldo Alckmin. O que falta nessas pessoas é um argumento coerente além do simples fato de não quererem a reeleição. Quantas vezes ouvi a frase: “voto no Alckmin, pois não quero que o Lula ganhe”, essa é uma visão implantada na cabeça do povo pela “grande mídia”, composta principalmente da nossa querida Rede Globo. Sem dúvida alguma, ambos os partidos tiveram desvios éticos, mas atire a primeira pedra quem nunca errou. Agora resta lembrar quem errou mais. Errar é humano, continuar errando é abominável.

Nos 8 anos em que FHC governou o Brasil (1994-2002), empresas públicas foram privatizadas. Vale do Rio Doce, Embraer, Telebrás e Usiminas são exemplos de patrimônios do povo brasileiro que foram vendidos a um preço insignificante, e os lucros passaram a ser embolsados por corporações privadas, muitas estrangeiras. Eleger Alckmin pode ser o próximo passo para a privatização dos Correios, da Caixa Econômica Federal, da Petrobrás e do Banco do Brasil.

No governo FHC, dinheiro público foi usado para tentar socorrer bancos privados: o Proer (que recebeu R$ 9.6 bilhões). Uma CPI foi instalada e a falcatrua foi justificada. A Pasta Rosa onde estavam os nomes de 25 deputados federais subornados pelo governo nunca foi investigada. Houve ainda os casos dos precatórios, da compra de votos para aprovar a emenda que permitiu a reeleição de FHC, as fraudes na Sudam etc.

No governo do PSDB, nada foi apurado, pois Geraldo Brindeiro, o Procurador-Geral mais conhecido como “engavetador-geral”, engavetou 242 processos contra o governo e arquivou 217, liberando os suspeitos de qualquer tipo de investigação: 194 deputados federais, 33 senadores, 11 ministros e ex-ministros, e o próprio presidente, o excelentíssimo Fernando Henrique Cardoso.

O governo Lula além de recusar a proposta da Alça feita pelo governo Bush, foi contra as invasões no Iraque, estendeu energia elétrica aos lugares mais distantes, manteve a inflação sob controle, impediu a alta do dólar etc. Em 3 anos e meio de mandato foram 183 operações da PF contra corrupção, sonegação de imposto, crime organizado e lavagem de dinheiro, e 2.971 prisões por esses motivos. Foram gerados 6 milhões de empregos, sendo 4 milhões com carteira assinada. Houve grande crescimento econômico, as exportações duplicaram, a balança-comercial manteve-se favorável e o risco-país alcançou o patamar mais baixo da história. E finalmente as dívidas com o FMI e com o Clube de Paris foram pagas.

Nos casos de roubalheiras no governo Lula, a Controladoria Geral da União investiga e denuncia livremente, CPI’s são instaladas e corruptos são cassados. O Congresso investiga, o dinheiro roubado aparece e “companheiros” são expulsos presos, demitidos, cassados ou punidos.

As críticas ao governo Lula são duras e exageradas, além de não fazer nenhuma referência de que os problemas existentes na política brasileira não se devem ao atual governo, e sim à estrutura em que o país foi deixado pelo antigo presidente. E que os casos de corrupção como o “mensalão” estavam implantados há mais de 10 anos. Lula ainda nos deve muito do que prometeu, mas em 3 anos e meio seria impossível limpar toda a sujeira deixada por 8 anos de PSDB.

 

Não quero arrecadar votos, e nem preciso fazer isso (por motivos óbvios), nem mudar a opinião de ninguém, cada um tem a sua consciência e deve fazer o que achar melhor.

 

Estamos às vésperas das eleições presidenciais, e 20 segundos serão refletidos em 4 anos. Pense bem nisso!

 

*Os dado deste texto foram fornecidos pelo IBGE, Pnad, ANEEL, Bovespa, CNI, Ministérios Federais e Agências Regionais, acrescidos dos fatos históricos da política de FHC.

 



Escrito por Lori Moreira às 00h23
[   ] [ envie esta mensagem ]




Amigos..

Amigos de verdade, aqueles que trazem consigo o sorriso aberto, aqueles que têm as risadas mais gostosas de se ouvir. Amigos antigos e novos, amigos inesquecíveis e essenciais. Amigos que nem sempre podem estar presente, mas que estão sempre em nossos corações. Amigos que mesmo com a distância são sempre os mesmos.

E pode ser que um dia deixemos de nos falar, como algumas vezes já aconteceram, mas enquanto houver amizade faremos as pazes. Pode ser que um dia nos afastemos, mas a amizade nos reaproximara. Pode ser também que um dia tudo acabe, mas com a amizade reconstruiremos tudo novamente. Pode ser que o tempo passe, e ele vai passar, e com isso poderemos tomar caminhos diferentes, mas enquanto houver amizade um há de se lembrar do outro.

 

 

Vinicius de Moraes

 Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos.
Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta necessidade que tenho deles.
A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor, eis que permite que o objeto dela se divida em outros afetos, enquanto o amor tem intrínseco o
ciúme, que não admite a rivalidade.
E eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!
Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus amigos e o quanto minha vida depende de suas existências...
A alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem.
Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida.
Mas, porque não os procuro com assiduidade, não posso lhes dizer o quanto gosto deles. Eles não iriam acreditar.
Muitos deles estão lendo esta crônica e não sabem que estão incluídos na sagrada relação de meus amigos.
Mas é delicioso que eu saiba e sinta que os adoro, embora não declare e não os procure.
E às vezes, quando os procuro, noto que eles não tem noção de como me são necessários, de como são indispensáveis ao meu equilíbrio vital, porque
eles fazem parte do mundo que eu, tremulamente, construí e se tornaram alicerces do meu encanto pela vida.
Se um deles morrer, eu ficarei torto para um lado.
Se todos eles morrerem, eu desabo!
Por isso é que, sem que eles saibam, eu rezo pela vida deles.
E me envergonho, porque essa minha prece é, em síntese, dirigida ao meu bem estar. Ela é, talvez, fruto do meu egoísmo.
Por vezes, mergulho em pensamentos sobre alguns deles.
Quando viajo e fico diante de lugares maravilhosos, cai-me alguma lágrima por não estarem junto de mim, compartilhando daquele prazer...
Se alguma coisa me consome e me envelhece é que a roda furiosa da vida não me permite ter sempre ao meu lado, morando comigo, andando comigo, falando comigo, vivendo comigo, todos os meus amigos, e, principalmente os que só desconfiam ou talvez nunca vão saber que são meus amigos!
A gente não faz amigos, reconhece-os.”

 

Saudades gigantescas de todos os meus amigos, não citarei nomes pois eles sabem quem são...



Escrito por Lori às 20h01
[   ] [ envie esta mensagem ]




Uma imagem, às vezes fala mais que mil palavras...

Às vezes o coração aperta e a gente não sabe o que fazer. E nem sempre tem o que se fazer.



Escrito por Lori às 19h22
[   ] [ envie esta mensagem ]




A vida é uma caixinha de surpresas...

Felicidade!

 

Sabe aquela sensação de bem estar? Quando se acorda às 6 horas da manhã, se espreguiça e se dá aquele sorriso. Mas não é simplesmente um sorriso, é uma expressão de êxtase. Uma fascinação pela vida, por estar vivo. Uma sensação de leveza que invade o corpo e faz parecer que o chão não mais existe. Não há mal-humor, nem dias nublados. E a certeza de que no fim tudo dá certo é irrefutável. Não se sente medo de nada. Sente-se vontade de se atirar de corpo e alma para a vida. Vontade de correr, de gritar, de cantar, de dançar na chuva, de espalhar esse sentimento que vigora dentro do corpo. No meu sonho, era assim que seriam os meus dias!!



Escrito por Lori às 22h12
[   ] [ envie esta mensagem ]




Um dia ruim...

Até quando dura o “Para Sempre...”.

 

Os sentimentos são tão volúveis quanto o vento. O vento sopra em uma determinada direção e quase que imperceptivelmente muda de rumo. O mesmo acontece com a intensidade dos sentimentos. Ora estamos seguros, ora a dúvida toma conta de nossos corações. 

Tenho uma pequena teoria sobre isso: há aqueles que se apaixonam, se casam e vivem felizes ‘para sempre’, e há também aqueles que procuram incessantemente e demoram(quando acham) a encontrar o ‘para sempre’ tão desejado.  Teoria meio besta e meio incerta, mas que não é de todo inútil.

Levando em consideração a minha experiência com o nosso querido e tão almejado ‘Amor’, não acredito muito mais nesse tal ‘para sempre’. Cheguei à conclusão de que nem sempre as coisas boas duram o tempo que gostaríamos que durassem. E que o ‘para sempre’ é apenas uma falsa eternização da agradável sensação de euforia do momento. Grande ilusão criada inconscientemente por nós mesmos.

Apesar de todo o meu ceticismo em relação ao assunto, não há como deixar de acreditar em nossos sentimentos, pois sem isso não abrimos as portas do coração. E é necessário que elas estejam bem abertas para quando o Amor quiser entrar e talvez ficar ‘para sempre’.



Escrito por Lori às 22h09
[   ] [ envie esta mensagem ]




Amo-te muito!!

Acho essa musica maravilhosa. Ela faz parte do espetáculo Romeu e Julieta do Grupo Galpão. 
Sem muita inspiração, sem muito ânimo. 
Beijos a todos.
 
Amo-te muito, como as flores amam
O frio orvalho que o infinito chora.
Amo-te como o sabiá da praia
Ama a sangüínea e deslumbrante aurora.
 
Oh! Não te esqueças que te amo assim.
Oh! Não te esqueças nunca mais de mim.
 
Amo-te muito como a onda à praia
e a praia à onda, que a vem beijar...
Amo-te tanto como a branca pérola
Ama as entranhas do infinito mar.
 
Amo-te muito, como a brisa aos campos
e o bardo à lua derramando luz.
Amo-te tanto quanto amo o gozo
e Cristo amou ardentemente a cruz.
 


Escrito por Lori às 21h08
[   ] [ envie esta mensagem ]




Luto!


    Um homem brilhante, de uma inteligência extraordinária. Um verdadeiro intelectual, dono de uma sabedoria incomparável. Conhecimento que não se encontra apenas nos livros. Possuía uma fé incrível, sem dúvida alguma da existência de Deus. Um homem que, com seus olhos críticos, observava o mundo e as pessoas minuciosamente. Foi um homem de muitas qualidades!

    E apesar de bravo, era muito alegre. Adorava uma boa piada. Tinha uma forma contida de demonstrar seu carinho, mas que era suficiente para percebermos a imensidão da estima que tinha por todos.

    Foi um avô admirável, amoroso e carinhoso. Um avô que sempre tinha uma história para contar ou uma mágica para apresentar. Foi ele quem desenhou as minhas fadas, minhas princesas e minhas bailarinas, e ajudou a construir o meu mundo de criança.

    E eu terei sempre na memória aquela risada rouca e engasgada, a maneira simétrica de preparar o pão, o costume de dobrar as sacolas plásticas do supermercado. E nesse momento, parece até que posso ouvir o seu dedilhar na máquina de escrever, som que por muito tempo foi uma constante em seu cotidiano e na minha infância. Os bons momentos são vários, e eles ficaram muito bem guardados.

    Seu corpo faleceu, porém seu espírito eternizou-se e a sua lembrança estará sempre nos nossos corações. A saudade é e sempre será grande. Mas me conforto em saber que ele está junto a Deus, e que ele sabe o quanto é amando e o quanto foi importante em nossas vidas.




Escrito por Lori às 18h36
[   ] [ envie esta mensagem ]




Um pensamento....uma reflexão....

Quem nunca sonhou com o paraíso?

 

Talvez esse paraíso fantasioso que é formado em nossas mentes seja um desejo de transportá-lo para a realidade. E por que não? Como seria o mundo se todos nós nos esforçássemos para que esse éden se torne real? Um mundo distante dos males que afligem a humanidade. Sem tristeza, sem miséria, sem violência, sem desgraças, sem desigualdades. Seria esse o mundo possível? Seriam as pessoas capazes de trabalhar em prol uma das outras, sem se preocupar apenas com o próprio umbigo?

Ainda há no mundo certa esperança com relação aos seres, ditos humanos. Seres que a meu ver estão cada vez mais insensíveis e egoístas, tornando-se cada vez menos humanos. Claro, sem generalizações. Alguns conseguiram manter-se humanizados. Conseguiram manter os seus princípios humanos. E esses são a nossa esperança.

Sonhar com um lugar melhor para se viver é ótimo, claro. Lutar para conquistar esse lugar é melhor ainda. Lutar por um ideal é algo que poucos de nós vivenciam. A grande maioria apenas lamenta, e continua com a vida normalmente.

Sem querer desmerecer o papel desses indivíduos. Pelo contrário, eles são extremamente necessários para o bom funcionamento do sistema social ao qual estamos inseridos. Sistema que requer pessoas cada vez mais alienadas e cada vez menos questionadoras. Apenas sinto muito por eles. Pois não conseguem enxergar além da pequena bolha que os cerca.

O que esse simplório texto pretende? Nada. Se alguém que o ler, ao menos pensar nessa condição e tentar melhorar algo a favor de uma mudança para o bem de todos, já será lucro.

Certamente nem todas as tentativas serão bem sucedidas. Na realidade, o mais importante neste caso é a tentativa e não o resultado desta. Pois ela mostra que há algo inquieto dentro do ser, algo que não se acomoda com a situação em que vive. E o despertar deste “algo” é que tem real valor. Esse seria talvez o primeiro estágio para a “desalienação”!!!

 

Para pensar e refletir. A humanidade (ou o que restou dela) agradece!



Escrito por Lori às 00h10
[   ] [ envie esta mensagem ]




Pequena introdução!!

O retorno

 

Após ter literalmente abandonado o antigo (antigo mesmo) blog, decidi retornar, mais para ocupar o tempo ocioso e aproveitar para treinar um pouco a escrita - o que para mim é extremamente prazeroso. Com o retorno, vieram algumas mudanças, o endereço, o título e a aparência. O que nunca muda é o propósito, escrever sobre o que der vontade. Coisas comuns ou não, algumas até supérfluas outras nem tanto. Pequenas observações sobre a vida cotidiana, algo que chame atenção ou que se destaque em meio à trivialidade. Em fim, qualquer coisa, de piadas a poemas.



Escrito por Lori às 00h09
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Sudeste, BELO HORIZONTE, Mulher
Histórico
  03/12/2006 a 09/12/2006
  22/10/2006 a 28/10/2006
  15/10/2006 a 21/10/2006
  01/10/2006 a 07/10/2006
  10/09/2006 a 16/09/2006
  03/09/2006 a 09/09/2006


Outros sites
  Carta Capital
  Blog do Mino
  Observatório da Imprensa
  Comunique-se
Votação
  Dê uma nota para meu blog